segunda-feira, 2 de maio de 2016

{RESENHA} Crepúsculo - Stephenie Meyer

Crepúsculo é o primeiro livro da série de vampiros criada por Stephenie Meyer. Narra a história conturbada de amor entre Bella e Edward.

Isabella Swan decide morar com o pai, o chefe de policia Charlie, em uma cidadezinha chamada Forks. Ela odeia aquele lugar: é frio, úmido, nublado, chuvoso e raramente consegue-se ver o céu por lá. Porém, ela abre mão da quente e ensolarada Phoenix para que sua mãe, Renée, possa ser mais feliz, pois o marido dela é jogador e viaja constantemente. Logo, a presença de Bella obriga a mãe a ficar em casa em vez de ir com Phil.

Foto da Capa: Lu Garcia

Clique aqui para ver Lua Nova.

Bella sente-se muito desanimada e sabe que o dia seguinte será ainda pior, isso porque provavelmente todos em Forks já devem estar sabendo de sua chegada, ela será o centro das atenções, a "garota nova" da escola. Ela já imagina a dificuldade de passar despercebida em um colégio com pouco mais de 300 alunos. No entanto, as expectativas de Isabella Swan começam a mudar quando ela conhece Edward Cullen e os irmãos. Talvez a mudança não seja tão terrível quanto parece. Forks, agora, mostrou que pode ser um lugar interessante para se viver...

Clique aqui para ver Eclipse.

Mas sua primeira decepção ocorre na aula de biologia cujo garoto misterioso é seu companheiro de atividades. Ele comporta-se de maneira rude, sentando-se o mais afastado possível dela, como se sua presença o incomodasse. Além disso, sai apressadamente assim que a aula acaba. Mais tarde, Bella o surpreende na secretaria tentando trocar seu horário de biologia. Edward não consegue fazer a troca e some da escola por uma semana.

Clique aqui para ver Amanhecer.

Quando Edward finalmente retorna as aulas, seu comportamento é extremamente diferente do inicio. Agora ele mostra-se solicito e educado com a colega. Os dois aproximam-se ainda mais quando ele a salva de um atropelamento que provavelmente teria sido fatal. Mas a forma com que se deu esse salvamento acaba chamando a atenção de Bella para um segredo que Edward e a família mantém a muitos anos escondido.

Clique aqui para ver A Breve Segunda Vida de Bree Tanner.

Minha Percepção - Antes de ler o livro assisti ao filme da série que leva o mesmo nome. Lembro que o trailer não me surpreendeu muito mas ouvi falar tanto da saga que resolvi assisti-lo. E o resultado não poderia ser outro: fui contaminada com o "vírus de Meyer". Então, corri logo para ver os demais filmes que já haviam sido lançados, com exceção de Amanhecer, que veio mais tarde. A saga completa ganhei como presente de aniversário de casamento e amei muito!! Como trabalhava fora a semana inteira, li os quatro volumes em seis meses. O último exemplar fora o único que li antes de ver o filme.

Aqui, a escritora preocupa-se em descrever os personagens que fazem parte da trama pois a maioria deles estará presente nos demais títulos da quadrilogia. Jacob aparece um pouco tímido e descrente em relação aos "frios" e até mesmo a possível descendência de lobos. Neste livro o leitor toma ciência dos primeiros desafios e conflitos que uma relação amorosa tão incomum pode gerar, como no momento em que James ameaça a vida de Bella e começa a persegui-la a qualquer custo.

Recomendo com certeza a Saga Crepúsculo, tanto os livros quanto os filmes. Posso dizer que ela esta entre meu top 10 de séries favoritas. Acho muito interessante as histórias em paralelo que Stephenie Meyer insere no romance, como as lendas da tribo quileute. Quanto aos personagens fico em dúvida para eleger um preferido: Carlisle além de médico excepcional é um excelente chefe de família, íntegro, culto e de bom caráter enquanto Alice é maluca, autentica, espontânea e muito engraçada (adoraria te-la como irmã ou BFF). Em relação ao cinema, não houve nada que tenha me desagradado pois o roteiro ficou o mais fiel possível com a criação da escritora, exceto por um ou outro ajuste necessário.