Páginas

sexta-feira, 29 de julho de 2016

{RESENHA} Harry Potter e as Relíquias da Morte - J. K. Rowling


Harry está prestes a completar 17 anos e sendo maior de idade - no mundo dos bruxos - o feitiço de proteção lançado por sua mãe, quando esta morreu para salvá-lo de Voldemort, perderá o efeito, ou seja, o garoto tornar-se-á alvo ainda mais fácil para os Comensais da Morte. No entanto, existem amigos sempre dispostos a auxiliá-lo, bem como a Ordem da Fênix. Ambos os grupos se unem a fim de transferir o menino e os Dursley para um local seguro. Aqui uma surpresa: Duda mostra preocupação com o destino do primo (situação inesperada e difícil de crer).

Foto: Lu Garcia

Apesar do clima tenso, devido a ascensão do Lorde das Trevas, o Profeta Diário continua em plena atividade tendo Alvo Dumbledore como assunto de suas colunas. Amigos do finado diretor o descrevem como um homem maravilhoso e bondoso, já Rita Skeeter escreve uma bibliografia intitulada A Vida e as Mentiras de Alvo Dumbledore onde o aponta como um vaidoso arrogante e revela que, em sua juventude, era associado a Grindelwald, um bruxo das trevas que perde apenas para Voldemort.

Clique aqui para ver Harry Potter e a Câmara Secreta.

Diante dessas controvérsias, Harry se sente triste por perceber que pouco conhece sobre o homem em quem confiou cegamente. No fundo, ele está magoado e com raiva por Dumbledore não ter lhe contado sobre seu passado. Embora tenha sido vítima das invencionices de Rita Skeeter, o garoto não sabe no que acreditar e põe o caráter do diretor em dúvida. Será que Alvo Dumbledore o iludira?

Clique aqui para ver Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.

Rony e Hermione não abrem mão de partir com O Eleito em busca das Horcruxes. Dumbledore devia saber que seria assim ou não teria deixado um testamento para o trio: Rony herdou o desiluminador, Hermione um livro de contos infantis e Harry o primeiro pomo capturado pelo garoto além da espada de Godric Gryffindor (cujo está desaparecida). Certo de que estes estranhos objetos os ajudarão na difícil missão deixada por Alvo, Harry percebe o quão obscuro é o seu desfecho, mais ainda ao descobrir que, concomitantemente, seguem as pistas para reunir as três Relíquias da Morte cujo uma delas, ele tem certeza de que já possuí...

Clique aqui para ver Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Poções Polissuco, escoltas, perseguições, mortes, fugas invasões, segredos, viagens, Horcruxes, Relíquias da Morte, a revelação de uma verdade... batalhas... tudo isso e mais no sétimo volume da série Harry Potter.

Clique aqui para ver Harry Potter e a Ordem da Fênix.

Minha Percepção - As mortes, antes esporádicas, se tornam rotina. Voldemort toma o Ministério da Magia, analisa a árvore genealógica de todos os bruxos (como se ele possuísse sangue puro... ah tá...), manda os nascidos trouxas (os sangues ruins) para Azkaban, entre tantas outras crueldades e injustiças. Em meio a todo este caos, J. K. Rowling consegue inserir em sua narração momentos mais leves ou felizes (dentro do possível) como o casamento de Gui e Fleur.

Clique aqui para ver Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

O testamento de Dumbledore me deixou atônita, eu sabia que eram pistas e que essa atitude possuía propósitos, mesmo que não pudesse distingui-los. Na minha opinião a série foi encerada com êxito, exceto por alguns detalhes, quero dizer, achei que faltou algumas conclusões como, por exemplo, se os garotos finalizam os estudos em Hogwarts ou ficam sem formação bruxa. A história simplesmente dá um salto de 19 anos...

De qualquer forma, já estou com saudade dos bruxinhos que conquistaram uma legião de fãs por todo o mundo. Recomendo do primeiro ao último título!