Páginas

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

{RESENHA} As Aventuras de Sherlock Holmes - Arthur Conan Doyle

Um livro, doze histórias e muita análise dedutiva... Este livro é composto por várias narrações (feitas pelo Dr. Watson como de costume) contando os casos mais intrigantes e peculiares do já conhecido detetive londrino. Quem leu O Sinal dos Quatro sabe que o médico agora é casado e não reside mais com Holmes, mesmo assim, sempre reserva tempo para visitá-lo na Baker Street e envolver-se em suas investigações. No entanto, algumas das aventuras remontam de sua época de solteiro, publicadas somente agora por questões de sigilo.

Foto: Lu Garcia

Títulos do romance:

1. Escândalo na Boêmia;
2. A Liga dos Ruivos;
3. Um Caso de Identidade;
4. O Mistério do Vale Boscombe;
5. Os Cinco Caroços de Laranja;
6. O Homem de Lábio Torcido;
7. A Pedra Azul;
8. A Banda Pintada;
9. O Polegar do Engenheiro;
10. O Nobre Solteiro;
11. A Coroa de Berilos;
12. As Faias Roxas.

Nem todas as histórias são sobre crimes ou fatalidades, algumas são um verdadeiro mistério e até mesmo obscuras e inexplicáveis (exceto para Sherlock Holmes que vê tudo com clareza). Mas não pense que o detetive leva a melhor em todas: Watson narra também os raríssimos casos em que o investigador é derrotado, embora tenha desempenhado seu papel com maestria, cujos culpados dos transtornos são tão espertos quanto seu perseguidor e escapam-lhe por entre os dedos.

Minha Percepção - Histórias curtas são sempre agradáveis de ler, pois os acontecimentos não se arrastam por páginas e páginas, são concisas e diretas, não por isso menos intrigantes ou mal estruturadas. Cada um dos contos tem seu inicio, meio e fim, destacam-se pela particularidade, sem se relacionar um com o outro, são alguns dos casos resolvidos por Holmes, selecionados e compilados por Watson.