Páginas

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

{RESENHA} A Volta de Sherlock Holmes - Arthur Conan Doyle

Este é outro livro de contos do detetive mais sagaz e enérgico de Londres. Aqui, começo a invejar pra valer a engenhosidade de Sir. Arthur Conan Doyle... pois são treze histórias completamente distintas de qualquer outra já publicada (ou que eu tenha lido) até agora. Haja ideias hein! Logicamente, minha narração preferida é a primeira, ou seja, A Aventura da Casa Vazia, uma vez que trata-se do retorno de Sherlock Holmes (desaparecido desde o confronto com o professor Moriarty).

Foto: Lu Garcia

Títulos do romance:

1. A Aventura da Casa Vazia;
2. A Aventura do Construtor de Norwood;
3. A Aventura dos Homenzinhos Dançantes;
4. A Aventura da Ciclista Solitária;
5. A Aventura da Priory School;
6. A Aventura de Black Peter;
7. A Aventura de Charles Augustus Milverton;
8. A Aventura dos Seis Napoleões;
9. A Aventura dos Três Estudantes;
10. A Aventura do Pincenê Dourado;
11. A Aventura do "Three-Quarter" Desaparecido;
12. A Aventura de Abbey Grange;
13. A Aventura da Segunda Mancha.

Minha Percepção - Como já mencionei, este volume me deixou perplexa diante da tamanha genialidade do autor (mesmo tendo consciência disso). Na minha opinião, contos exigem muito mais da criatividade de seu criador do que histórias longas, embora dispensem os detalhes. O título que se destacou, para mim enquanto legente, foi o terceiro, o dos homenzinhos dançantes cujo começaram a aparecer rabiscados em papeis e até mesmo nas paredes de uma residência, dando a impressão de que se trata de travessuras infantis, mas que representam algo muito mais perigoso...