Páginas

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

{RESENHA} Hush, Hush: Silêncio - Becca Fitzpatrick

Nora acorda desorientada no meio da noite dentro do cemitério de Coldwater sem saber como fora parar ali ou porque. A única coisa fazendo companhia para ela é a estranha sensação de perigo iminente, como se alguém a estivesse perseguindo ou precisasse fugir de uma situação ameaçadora. Passos ecoam entre os túmulos, o que faz seu medo crescer ainda mais, no entanto, trata-se apenas do vigia que a reconhece dos noticiários e promessas de pagamento de recompensa - oferecida por Hank Millar - a quem encontrá-la.

Clique aqui para ver Sussurro.

Acontece que Nora estava desaparecida havia três meses, isso significa que já estão no outono e que ela perdeu boa parte do verão, fora isso ela perdeu completamente todas as lembranças dos últimos cinco meses. O pânico causado pelo choque da realidade faz com que a garota entre em desespero e acabe perdendo a consciência.

Clique aqui para ver Crescendo

No hospital, reencontra a mãe e recebe o diagnóstico médico: amnésia retrógrada. Em outras palavras, ela não lembra de Chauncey, Rixon, Scott e... Patch; não sabe quem são os anjos caídos e muito menos o que é um nefilim; esqueceu sobre os fatos de sua paternidade e do perigoso Mão Negra que está presente em sua vida cotidianamente sem ela nem ter ideia disso. Sem contar que deverá encarar os olhares curiosos e mal disfarçados da escola toda, se não da cidade inteira e ainda engolir o namorado da mãe - ninguém mais ninguém menos do que Hank, o pai da patricinha insuportável, Marcie Millar, sua arqui-inimiga.

Foto: Lu Garcia

Ao passo que precisa retomar sua vida e tentar descobri o que aconteceu com ela nos últimos meses, Nora luta contra uma sensação estranha e ao mesmo tempo confortável: lampejos da cor preta que invadem seus pensamentos como se tivesse a intenção de interagir com a garota e também visões sobrenaturais, o que ela explica baseando-se em seu problema de memória. No meio dessa confusão ela (re) encontra Jev e se apaixona - outra vez. Ela está convicta de que já se conhecem e que tiveram uma relação especial, pois existe intimidade entre eles. Embora o garoto exija que ela se afaste e enterre de vez o passado cujo não se recorda, sua presença instiga Nora a procurar pela verdade e algo nele acusa-o de saber o que realmente aconteceu com ela.

Clique aqui para ver Finale.

Minha Percepção - Quem leu Crescendo deve ter ficado avido por este volume devido ao final impactante do segundo titulo da série! Afinal, quem diria que o Mão Negra é o... enfim, é um livro com pouca novidade, uma vez que nós, leitores de Hush, Hush, sabemos quem sequestrou Nora, sabemos o que ocorreu no Delphic, e não é novidade nenhuma as (re)descobertas que a garota faz sobre a guerra entre os nefilins e anjos caídos. Porém, ao contrário do que possa parecer, este tipo de narração não ficou chata e arrastada, eu mesma tive vontade de entrar na trama só para contar logo sobre os perigos que ela estava correndo...

O que me irritou aqui foi a mãe retardada dela aceitando tudo como o Hank queria, além de Vee escondendo detalhes da melhor amiga (aff). Ainda assim este é o melhor dos três livros por enquanto (na minha opinião) e fico me perguntando como será o fim de toda essa bagunça?! Novamente o final, para mim, foi a melhor parte do todo. Outra vez Becca surpreende e nos deixa com vontade de partir com tudo para a próxima leitura.